terça-feira, abril 25, 2006

Este blog terminou.

Isto aí gente. Este blog terminou. Unilateralmente, por decisão minha. Entretanto, se tudo der certo, teremos, em breve, outro blog, filhote deste. O anúncio será feito no De Gustibus.

domingo, fevereiro 05, 2006

Crimes contra a humanidade? Eis uma petição (com versão em inglês para Word) aqui.

Claudio

quarta-feira, janeiro 25, 2006

Questão de prova

Crescimento sustentável é sinônimo de distribuição de renda? Bem, se você acredita que sim, dê uma olhada nos dados da China.
Filmes Liberais, mas não libertinos.

Seria o Batman um exemplo de filme com ideologia liberal? Bem, nesse filme fica claro as vantagens da cidade ter uma proteção privada aos crimes contra a alternativa de depender de uma polícia corrupta e desorganizada. O Ludwig von Mises Institute tem uma lista de bons filmes que defendem a liberdade. Aproveite suas férias e assista eles.

sexta-feira, janeiro 20, 2006

Real valorizado

É o que diz o BigMac. Por este método o Real estaria subvalorizado em 13%. Bem, a FIESP vai garantir que é mais....
Afinal de contas para que combater o crime?

Penso que o crime deve ser combatido por não respeitar a vontade da pessoa. Por não ser uma troca voluntária a sociedade se sente ofendida em seu direito de propriedade e em sua liberdade individual. Para combater o crime a sociedade moderna criou leis e instituições que devem fiscalizar e reprimir o comportamento criminoso.

Mas, o que aconteceria se a sociedade fosse aos poucos mudando a forma como ela identifica o criminoso? O que aconteceria se de ladrão um criminoso fosse chamado de operário? Imagino o IBGE com uma nova classificação de setor produtivo, incluindo a categoria de indústria de roubo.

Preciso dizer para a Top Model Isabeli Fontana que roubo não é atividade produtiva, nem assaltante é profissão.

sexta-feira, janeiro 06, 2006

Preços Administrados, mas por quem e para quem?
Essa semana foi divulgada a notícia do elevado crescimento dos preços administrados. Comparando a evolução dos preços dos serviços que são administrados pelo governo com a inflação do IPCA, os preços administrados cresceram quase 3 vezes mais.
Vejam só. De um lado você tem produtos e serviços competindo no sistema de mercado (preços livres) e, de outro, um sistema que concede aumento de preços por meio de contratos públicos. Para muitos dos meus alunos o sistema de regulação pública iria fornecer a melhor distribuição de preços, já que o capitalismo (selvagem no Brasil) é injusto e concentrador de rendas. E não é que o sistema de competição livre de preços ajudou a segurar a inflação. Ainda bem que temos um pouco de capitalismo no Brasil. Já imaginaram se todos os preços fossem administrados? Minha renda real estaria bem menor.

quarta-feira, dezembro 21, 2005

Quem avisa, amigo é

Então, eis minha dica aos futuros doutorandos em Economia.